Thiago Moura – Guitarra

Thiago Moura – Guitarra

Nascido na cidade de Passo Fundo em 1974, Tiago de Moura teve seu primeiro contato com a música ainda no berço, já que é filho de músico. Aos sete anos já havia ganhado um violão de seu pai. Mais tarde, aos 16 anos, começou a se interessar pela guitarra.

No início, sua influência era o trash metal e foi nesse estilo que montou sua primeira banda chamada Vogelgesang, precursora do estilo na região. Nesse mesmo período, Tiago começou a conhecer músicos da noite e compositores, que lhe trouxeram outras influências, como a MPB e o rock nacional dos anos 80 e foi a partir daí que elaborou um repertório com esses músicos e passou a atuar em barzinhos, tocando justamente esses estilos, mas mantendo, até então, apenas a intuição e a pegada que o metal lhe dera.

Aos 20 anos, passou a estudar seriamente as técnicas do instrumento e os elementos teóricos da música, o que o levou a entrar no curso de Música da Universidade de Passo Fundo e a participar de diversos cursos com músicos de renome, como Pollaco (Guitarra, harmonia e improvisação), Alexandre Carvalho (Improvisação para todos os instrumentos), Julio Herrlein (Harmonia e improvisação), além de ter tido aulas com Edílson Ávila e Djalma Lima.

Em 2007, Tiago de Moura lançou no mercado, pelo selo Café com Leite, o CD Menino. O disco contém composições próprias e também de compositores, como Raul Boeira, Sandro Cartier, Tyaraju Moura e Welington Bonfim. Graças a esse disco, Tiago de Moura foi indicado como Melhor Instrumentista ao Troféu Açorianos de Música 2007, e melhor disco instrumental por “260” de 2011. Atualmente conta com 5 cds instrumentais gravados, sendo o mais recente o disco “Memories” de 2013.

No ano de 2010 participou do “Guitar Experience”, encontro que reuniu em Buenos Aires guitarristas da América do Sul. Também foi destaque em várias edições da Revista Guitar Player Brasil. Foi um dos vencedores do Projeto Rumos do Itaú Cultural, ao qual concorreram milhares de músicos de todo o país. É professor de guitarra do Conservatório Souza Lima onde iniciou em 2011. Desde 2012 passou a fazer parte da banda de Rock autoral paulistana, Mad Old Lady, com a qual abriu importantes shows, dentre eles, Dr. Sin, Angra, Marillion, Offspring, Mark Boals, Tarja Turunen entre outros. Em 2014 foi até a Dinamarca onde gravou o mais recente cd da banda no Studio Jailhouse do grande produtor Tommy Hansen, com lançamento previsto para 2015.