Tocar pode causar lesão?

tocar causa lesão

Tocar pode causar lesão?

Com toda certeza caro leitor. Tocar tensionado, em posição incorreta, por um longo período pode causar lesão. Então a questão está válida como afirmação: tocar pode causar lesão!

História pessoal

Por volta de 1998 eu estudava piano e violão e os dias entre quatro e seis horas praticava sem intervalos dividindo os instrumentos, as vezes passando de um para o outro sem repousar ou sequer intervalo.

O violão e o piano são instrumentos que utilizam de posicionamentos totalmente diferentes. Ambos são de coordenação motora fina, mas a motricidade ou melhor, a espécie de movimento é substancialmente diferente. Resultado?

Ganhei uma inflamação tão grave que o aconselhamento médico foi simples: ou fica sem tocar até desinflamar ou no futuro vai ter que operar.

Havia um nódulo, e ainda havia tempo para que o corpo reabsorvesse. 

Imagine agora um adolescente cheio de vontade de tocar ter que parar por alguns meses? No meu caso seis meses de espera, e muito leitura. Aproveitei o momento para estudar música de outras maneiras, ouvir mais, solfejar ritmo e melodia, história da música… E ocasionalmente estudava a mão direita ao violão e ao piano, já que o meu problema se concentrara no braço esquerdo.

A dor que começou no dedo mínimo da mão esquerda, subiu pra mão, pro antebraço, braço, ombro, e seguia… O repouso evoluiu, a acupuntura ajudou muito, mas o que me curou foi a natação, talvez o esporte mais recomendado para os músicos por trabalhar a musculatura de maneira uniforme.

Quando regressei a prática dos instrumentos dosei o piano diminuindo substancialmente a frequência do estudo. E passei a encarar o violão como meu principal instrumento.

Eu particularmente, mais experiente avaliando, verifico que o que causou a lesão foi a mudança de professor que eu havia passado ao violão, que promoveu uma alteração técnica e de posicionamento somado as horas desenfreadas de prática. Faz mais sentido do que avaliar apenas o acúmulo de dois instrumentos, que retomei depois, até com outros instrumentos e nunca mais tive lesão.

Aconteceu algo parecido com você?

Procure um médico ortopedista, siga as orientações, faça ultrassonografia, ressonância, tudo que há disponível no mercado. E de cara aconselho novamente a natação. Embora prevenir é melhor do remediar, procure estudar de maneira muitíssimo correta, siga a orientação de um bom professor.

Valeu!

#VemProSouzaLima

SHARE
Previous articleLigar um contrabaixo em amplificador de guitarra estraga o amplificador?
Next articleO que é uma escala octatônica?
João Marcondes
Professor João Marcondes é coordenador pedagógico das unidades Moema, Alphaville, Ribeirão Preto e Lençóis Paulistas. É idealizador e coordenador pedagógico dos programas Composição Popular - Letra e Musica, do Preparatório para Vestibular (extensivo e semi-intensivo), do Curso Técnico em Produção Musical, e da Pós-Graduação em Educação Musical, que ocorrem na unidade Paraíso. João Marcondes atua na instituição em tarefas administrativas como assistente de direção, e ainda é diretor da editora Souza Lima. É editor e autor do BLOG Souza Lima, com mais de quinhentas publicações (BR, ES e EN). É educador Musical, compositor, arranjador e instrumentista. Mestre em Educação Arte e História da Cultura, especializado em docência em música brasileira, graduado e técnico em música. Composições e obras disponível no Spotify, Deezer e iTunes Music.