Solo e improviso são a mesma coisa?

solo e improviso

Solo e improviso são a mesma coisa?

Não. O solo pode ser algo definido, composto ou arranjado, por outrem que não aquele que está executando. Improviso é algo livre e espontâneo, que pode ser individual, por tanto um solo, mas que obrigatoriamente tem que ocorrer em tempo real.

A divergência entre estar composto, planejado ou ensaiado antes de acontecer é que afasta um simples solo, de uma improvisação solo.

Eu chamo um solo composto carinhosamente de “improfixo”. E são muitos aqueles que recorrem a solos compostos, não vejo problema, desde que venda adequadamente já que muitos são aqueles que vendem seus projetos como jazz, ou seja, com solos frutos de improvisação. E que nas realidades repetem algo programado.

Improvisação é algo que pode até possuir alicerces mínimos, como número de compassos, trajeto ou progressão harmônica, perímetro então de começo e fim, mas onde o músico interage criando em tempo real.

Solo pode ser algo até mais difícil, fixado, adequado em estilo, mas que abstraiu os riscos que se assume quando escolhemos pela improvisação.

Fato que o mais importante estar de acordo. Em um dia assistindo uma palestra de um dos guitarristas que mais admirava, onde pude ver desde a passagem de som, percebi que ele havia tocada exatamente a mesma frase nos dois momentos. E quando pediram para tocar improvisando outra música ele se recusou.

Claro que há um vocabulário, mas sair por aí falando que improvisa e tocar só frase pronta a mim soa bastante esquisito.

Estudar o máximo para dominar e criar percursos, soluções, em tempo real. Isso para mim é improvisar.

SHARE
Previous articleO que é modulação em música?
Next articleO que é uma nota característica de um modo?
João Marcondes
Professor João Marcondes é coordenador pedagógico das unidades Moema, Alphaville e Ribeirão Preto. Também é idealizador e coordenador pedagógico dos programas Composição Popular - Letra e Musica, do Preparatório para Vestibular de Música (extensivo, semi-intensivo e intensivo), do Curso Técnico em Processos Fonográficos - Produção Musical, e da Pós-Graduação em Educação Musical, cursos que ocorrem na unidade Paraíso. João Marcondes também atua na instituição em tarefas administrativas, é assistente de direção da instituição e diretor da editora Souza Lima. É autor do BLOG Souza Lima e do BLOG Souza Lima - Magazine Luiza! É educador Musical, compositor, arranjador e instrumentista. Mestre em Educação Arte e História da Cultura, especializado em docência em música brasileira, graduado e técnico em música. Suas composições e obras fonográficas estão disponíveis para audição no Spotify, Deezer e iTunes Music.