Quero ser músico instrumentista

Estamos iniciando uma série didática com ideias e requisitos para cada área de atuação do músico. Decidido em ser músico, mas em que atuar? Em outro artigo conversamos sobre as possibilidades e carreiras de atuação, agora vamos destricha-las?

O instrumentista é o músico que se apresenta individualmente ou em grupo, com protagonismo de solista ou como acompanhador.

Para um solista o tempo de dedicação e prática do instrumento é intensa.

Objetivos de alçar virtuosismo e expressividade plena. Domínio estético e estilístico. Criatividade. E positividade no fator palco.

Um solista, sinônimo de concertista para a música erudita, dedica-se entre seis e doze horas diárias. Com práticas específicas que levarão a explorar todos os recursos de seu instrumento. E com sonoridade.

O solista pode ser também aquele que inova esteticamente, aguçando a audição. Rompendo barreiras. Há solistas tecnicamente comuns e esteticamente instigantes.

Alguns solistas abdicam da carreira acadêmica preferindo uma orientação específica e, que será fundamental ao desenvolvimento individual. Quem é referência precisa ou precisou de uma referência.

Por outro lado o instrumentista acompanhador é aquele que possui perfeição nos movimentos.

Boa expressividade. E que sabe se estabelecer e interagir no agrupamento. Até possui algum virtuosismo pois dedicou-se para dominar as características estéticas do instrumento, mas sem prever protagonismo. Embora em uma grande orquestra ou em um coro reune-se potenciais solistas – naipe a naipe.

Para o domínio de um instrumento a dedicação mínima ideal é de quatro horas diárias, isso é claro, para quem escolheu ser músico instrumentista profissional como acompanhador. E caberá na agenda a vida universitária.

Já tem em mãos os principais movimentos do seu instrumento? Já possui a orientação necessária?

Vamos estudar!

Um enfoque que para quem apenas quer dedicar-se por realização pessoal a constância diária valerá, em tempo de trinta minutos para um condicionamento mínimo ideal.

Vamos ser músicos? Então precisamos mais.

SHARE
Previous articleO que é ostinato? Preciso saber isso em música?
Next articleQuero ser músico compositor
João Marcondes
Professor João Marcondes é coordenador pedagógico das unidades Moema, Alphaville, Ribeirão Preto e Lençóis Paulistas. É idealizador e coordenador pedagógico dos programas Composição Popular - Letra e Musica, do Preparatório para Vestibular (extensivo e semi-intensivo), do Curso Técnico em Produção Musical, e da Pós-Graduação em Educação Musical, que ocorrem na unidade Paraíso. João Marcondes atua na instituição em tarefas administrativas como assistente de direção, e ainda é diretor da editora Souza Lima. É editor e autor do BLOG Souza Lima, com mais de quinhentas publicações (BR, ES e EN). É educador Musical, compositor, arranjador e instrumentista. Mestre em Educação Arte e História da Cultura, especializado em docência em música brasileira, graduado e técnico em música. Composições e obras disponível no Spotify, Deezer e iTunes Music.