Quem são os maiores improvisadores da música brasileira?

Quem são os maiores improvisadores da música brasileira?

Quem são os maiores improvisadores da música brasileira?

Precisamos alinhar três grandes núcleos de improvisação para delinear quem são esses maiores improvisadores do Brasil como fonte de direcionamento para seus estudos.

São três grandes núcleos onde há improvisação na prática da música brasileira: choro, samba-jazz e pós-quarteto novo.

No choro as improvisações são como variações da própria melodia, em padrões rítmicos e estruturas escalares, e como contraposição em segunda camada.

No samba-jazz começa haver chorus de improvisação – tema exposto e improvisos sobre a forma. Normalmente com escalas e arpejos de acorde, aproximações melódicas diatônicas e cromáticas, encadeamento de estruturas para estabelecer tensão e resolução.

O grupo Quarteto Novo estabeleceu a procura por uma nova forma de improvisação. Forma esta que procurava ecoar a voz do cantador popular, o trejeito do violeiro ao interpretar lírica melodia, ou o cantar até mesmo dos pássaros!

Veja só!

Assim para ser direto e em uma listagem não hierárquica, apenas com intuito de aguçar sua percepção, como pesquisador do mercado fonográfico brasileiro – com dissertação que defendi no mestrado, considero primordiais esses doze nomes:

Pixinguinha, Jacob do Bandolim, Severino Araújo (representando a gafieira que poderia ser um quarto núcleo), Amilton Godoy, Luiz Eça, Milton Banana, Hermeto Paschoal, Egberto Gismonti (uma pérola entre núcleos), César Camargo, Hélio Delmiro, Victor Assis Brasil e Vinícius Dorin.

Ouvir linhas melódicas é a primeira ideia de todos nós, embora precisamos compreender em música de pensamento livre há improvisação tanto nas notas que se sucedem quanto nas notas que se empilham, respectivamente, na melodia e na harmonia.

Doze nomes com centenas de fora, infelizmente foi preciso escolher!

Boa escuta! Lembrando que o intuito é de orientação utilizando como portfólio a contribuição com esses músicos sobre a música brasileira tanto em ecoamentos a seguir quanto a percepção do pesquisador sobre o desenvolvimento artístico.

#VemProSouzaLima

SHARE
Previous articleQuais gêneros musicais possuem mais improvisação?
Next articleO que é Long Play?
João Marcondes
Professor João Marcondes é coordenador pedagógico das unidades Moema, Alphaville e Ribeirão Preto. Também é idealizador e coordenador pedagógico dos programas Composição Popular - Letra e Musica, do Preparatório para Vestibular de Música (extensivo, semi-intensivo e intensivo), do Curso Técnico em Processos Fonográficos - Produção Musical, e da Pós-Graduação em Educação Musical, cursos que ocorrem na unidade Paraíso. João Marcondes também atua na instituição em tarefas administrativas, é assistente de direção da instituição e diretor da editora Souza Lima. É autor do BLOG Souza Lima e do BLOG Souza Lima - Magazine Luiza! É educador Musical, compositor, arranjador e instrumentista. Mestre em Educação Arte e História da Cultura, especializado em docência em música brasileira, graduado e técnico em música. Suas composições e obras fonográficas estão disponíveis para audição no Spotify, Deezer e iTunes Music.