Quantos acordes de sétima existem?

Quantos acordes de sétima existem?

Recentemente assisti um vídeo de um youtuber onde ele afirmava existir onze acordes com ou de sétima. A invenção da teoria musical contemporânea atrapalha a formação teórica dos jovens estudantes de música. O Youtuber ainda discutia com outro se eram dez ou onze de fato.

São quatro tríades – maior, menor, aumentada e diminuta.

Alguns falam de uma quinta tríade que nessa visão da teoria inventada possui terça maior e quinta diminuta. Mas veja, que uma tríade precisa ocorrer como tríade, antes de ser considerada nesta qualidade. O que não ocorre, evidentemente.

Cada tríade real, as quatro citadas acima – maior, menor, aumentada e diminuta, podem receber duas espécies de sétima. E entenda receber, não como colocar, como a ocorrência das escalas. Montar grupos de nota é livre, mas manter como estrutura real, é totalmente necessário estruturar-se em uma escala diatônica.

A tríade maior recebe nas escalas diatônicas a sétima maior e a sétima menor, assim como a tríade menor e a aumentada. A tríade diminuta recebe nas escalas diatônicas a sétima menor e a sétima diminuta.

Oito espécies compostas de acordes com sétima, e há ainda uma nona, composta através da tétrade suspensa – fundamental, quarta justa, quinta justa e sétima menor – que se deu por valores práticos na história da música.

São nove acordes de sétima, nada mais.

Daí o cidadão fala que a sexta maior, quanto é trocada pela sétima, configura um novo tipo de sétima, impossível amigo, por que quebra o conjunto, um acorde precisa ter conjunto próprio.

Veja só: dó mi sol si, dó maior com sétima maior. Trocando a sétima maior pela sexta maior, o conjunto fica dó mi sol lá, conjunto de lá menor com sétima menor e baixo em dó.

E não o que acorde tenha se tornado menor, uma estrutura de acorde pode ser observada por dois meios: 1| Contextualizada 2| Descontextualizada.

Contextualizada a substituição da nota si pela nota lá, conferindo o acorde de maior com sétima maior para maior com sexta, se deve por motivo melódico. Como em All of me, onde a melodia está na fundamental, e haveria um pequeno desconforto em utilizar uma tétrade com sétima maior.

Descontextualizado o conjunto, é menor com sétima menor, invertido, em primeira inversão.

Tenho dito! Primeira do ano!

SHARE
Previous articleFérias do BLOG Souza Lima!
Next articleÉ preciso saber fazer para dar aula de música?
Primeiro me segue no instagram: joaomarcondesoficial! Eu sou o Professor João Marcondes! Sou coordenador pedagógico dos programas Composição Popular - Letra e Musica, do Preparatório para Vestibular de Música (extensivo, semi-intensivo e intensivo), do Curso Técnico em Processos Fonográficos - Produção Musical, e da Pós-Graduação em Educação Musical, cursos que ocorrem na unidade Paraíso. Também coordeno programas livres como Arranjo para pequenos agrupamentos, Arranjo para agrupamentos médios, Composição Instrumental. E coordeno as unidades Moema e Alphaville desde 2010. Também atuo na instituição em tarefas administrativas, como assistente de direção da instituição e diretor da editora Souza Lima. Sou autor do BLOG Souza Lima e do BLOG Souza Lima - Magazine Luiza! Meus livros e métodos estão publicados no KINDLE - Amazon em parceria com a Editora Souza Lima. Sou educador Musical, compositor, arranjador e instrumentista. Mestre em Educação Arte e História da Cultura, especializado em docência em música brasileira, graduado e técnico em música. Suas composições e obras fonográficas estão disponíveis para audição no Spotify, Deezer e iTunes Music. É diretor e fundador da gravadora BAC Discos! www.bacdiscos.com/ Segue no instagram; https://www.instagram.com/joaomarcondesoficial/