Qual a diferença entre nota e altura?

nota e altura

Qual a diferença entre nota e altura?

Nota é a nomenclatura dada para um som. Altura, a partir do temperamento, no período barroco, designa a proporção exata da vibração.

Cada altura pode cumprir quaisquer das sete funções melódicas de uma estrutura escalar – Tônica, supertônica, mediante, subdominante, dominante, superdominante e sensível. Alturas propiciam as variações necessárias para consolidar as escalas diatônicas em modelos de transposição real.

Apenas para constar os termos sub e super tratam do posicionamento. Superdominante por estar em cima da dominante. Subdominante por estar abaixo.

Em toda escala cada uma das 7 notas será um grau cumprindo uma das sete funções.

Vamos pensar na escala de dó sustenido maior que tem dó sustenido, ré sustenido, mi sustenido, fá sustenido, sol sustenido, lá sustenido, e si sustenido.

Mi sustenido e fá são notas enarmônicas – possuem a mesma altura, mas cumprem funções diferentes, então são notas diferentes.

A nota fá está presente na escala de dó sustenido mas com a altura fá sustenido. Fá natural não está presente por que toda escala apresenta  7 notas, mi sustenido então está presente representando a nota mi. E aí está a diferença entre nota e altura.

A escala de dó sustenido maior é dó sustenido, ré sustenido, mi sustenido, fá sustenido, sol sustenido, lá sustenido e si sustenido.

Si sustenido é enarmônico de dó, notas diferentes com uma mesma altura.

A escala de dó sustenido maior não poderia ser dó sustenido, ré sustenido, fá natural, fá sustenido, sol sustenido, lá sustenido, dó natural. Não estão presentes todos os graus.

E a questão de proporção?

Sim, uma mesma nota possui proporções diferentes apicadas nos instrumentos, o que trazem a ela diferenças de altura.

Vamos nos ater ao LÁ do sistema temperado. Enarmônico de sol dobrado sustenido e de si dobrado bemol, só pra descontrair brincando com as nomenclaturas que podem existir em um acorde ou escala.

O LÁ mais grave que compõe obras musicais tem 27,5 hertz. Então é a nota lá com 27,5 hertz. Uma oitava acima, ou seja, passado o ciclo de 7 notas, repetindo o LÁ terá 55 hertz, o seguinte 110 herz, o seguinte 220 hertz.

O seguinte 440 hertz (padrão de afinação da música fonográfica ou da música erudita) que está a seguir do dó central no piano, na quinta casa da primeira corda no violão ou na guitarra, na segunda casa da corda sol no cavaquinho.

E assim avançamos mantendo a mesma nota e alterando a altura proporcionalmente.

Ficou claro?

A confusão se dá até mesmo em livros de teoria musical, veja só a frase extraída de um deles:

A letra B representa a nota si em inglês, enquanto em alemão a letra B representa a nota si bemol.

Enquanto o correto seria:

A letra B representa a nota si em inglês em altura natural, enquanto em alemão a letra B representa si bemol como variação descendente da nota si.

Espero que sim!

#VemProSouzaLima

Dúvidas escreva para joao.marcondes@souzalima.com.br

SHARE
Previous articleEu dou aula de música porque preciso?
Next articleO que é uma vibração irregular em música?
João Marcondes
Professor João Marcondes é coordenador pedagógico das unidades Moema, Alphaville e Ribeirão Preto. Também é idealizador e coordenador pedagógico dos programas Composição Popular - Letra e Musica, do Preparatório para Vestibular de Música (extensivo, semi-intensivo e intensivo), do Curso Técnico em Processos Fonográficos - Produção Musical, e da Pós-Graduação em Educação Musical, cursos que ocorrem na unidade Paraíso. João Marcondes também atua na instituição em tarefas administrativas, é assistente de direção da instituição e diretor da editora Souza Lima. É autor do BLOG Souza Lima e do BLOG Souza Lima - Magazine Luiza! É educador Musical, compositor, arranjador e instrumentista. Mestre em Educação Arte e História da Cultura, especializado em docência em música brasileira, graduado e técnico em música. Suas composições e obras fonográficas estão disponíveis para audição no Spotify, Deezer e iTunes Music.