Qual a diferença entre mandolin e bandolim?

Bandolim o mandolin

Qual a diferença entre mandolin e bandolim?

Coisa simples de dizer: trata-se de um mesmo instrumento com nomenclaturas diferentes. Então, perfeito, posso colocar a corda de um mandolin em um bandolim?

Para isso a resposta é não.

O Bandolim possui origem italiana, embora o modelo que utilizamos no Brasil tenha influência portuguesa. A variação do instrumento norte-americano e brasileiro levam em consideração a execução técnica.

O Bandolim no Brasil possui tecnicidade, movimentos rápidos, escalas e arpejos, melodias com ampla tessitura, o que confere a ele certo calibre encordoamento, algo entre médio e pesado.

O Mandolin norte-americano possui execução mais pausada, com efeito como protagonista de execução, picados e trinados normalmente executados assim como na variação brasileira com palheta.

Caso específico

Um conhecido certa vez colocou cortas de mandolin em um bandolim e ocorreu um afundamento do tampo, quase levando o instrumento a destruição total.

A variação norte-americana possui tensor no braço o que leva a outras possibilidades de encordoamento mediante regulagem. O instrumento brasileiro não possui normalmente tensor, ainda mais se for um instrumento artesanal.

A diferença entre eles então está na confecção que reflete imediatamente na forma em que se toca o instrumento, ou vice-versa já que se trata de um perfil histórico.

Gostou do texto?

Compartilhe!

#VemProSouzaLima

SHARE
Previous articleO que é Quarteto de Cordas?
Next articleQuais os principais problemas que podem ocorrer com um bandolim?
João Marcondes
Professor João Marcondes é coordenador pedagógico das unidades Moema, Alphaville, Ribeirão Preto e Lençóis Paulistas. É idealizador e coordenador pedagógico dos programas Composição Popular - Letra e Musica, do Preparatório para Vestibular (extensivo e semi-intensivo), do Curso Técnico em Produção Musical, e da Pós-Graduação em Educação Musical, que ocorrem na unidade Paraíso. João Marcondes atua na instituição em tarefas administrativas como assistente de direção, e ainda é diretor da editora Souza Lima. É editor e autor do BLOG Souza Lima, com mais de quinhentas publicações (BR, ES e EN). É educador Musical, compositor, arranjador e instrumentista. Mestre em Educação Arte e História da Cultura, especializado em docência em música brasileira, graduado e técnico em música. Composições e obras disponível no Spotify, Deezer e iTunes Music.