Postura no Piano – 10 Dicas para Tocar Piano Com a Postura Correta

10 dicas postura no piano

Postura no Piano – 10 Dicas para Tocar Piano Com a Postura Correta

A postura no piano influencia diretamente sua performance, bem como problemas futuros e graves, como a temida tendinite.

Ainda mais que um pianista deve aprender logo no início dos estudos qual é a postura correta para se tocar piano.

Neste artigo, você vai aprender as regas indispensáveis para evitar qualquer tipo de problema e, ao mesmo tempo, regras que irão ajudá-lo(a) a tocar ainda melhor.

10 dicas para se ter uma boa postura no piano

1) Toque com peso, não com força!

Você não deve colocar força nos dedos, justamente. Do mesmo modo, para pressionar as teclar você deve usar o peso de seu braço. Projete o peso do braço para a ponta de seus dedos que irão tocar as teclas do piano utilizando este peso.

Ainda mais que pressionar as teclas colocando força nos dedos irá comprometer a sua performance, pode causar dores e problemas mais graves de articulação.

2) Mantenha o pulso flexível.

Não deixe o pulso tensionado e rígido. Um bom movimento do pulso é indispensável para conseguir um som perfeito no piano. Imagine que seu pulso são amortecedores de carro. Algumas vezes será mais estático, outras mais suaves, mas nunca rígido e tensionado.

Com o pulso tensionado você não conseguirá fazer movimentos essenciais para tocar desde uma música clássica ou popular, rápida ou lenta.

3) Incline ao invés de virar o corpo

Para alcançar as extremidades do teclado do piano, frequentemente seja para a esquerda ou para a direita, você deve inclinar o corpo para os lados, quando mais longe mais inclinado. Abra a asa do braço para ajudar a alcançar a extremidade do piano, imediatamente quando for solicitado.

Não gire o quadril ou o seu ombro ao mesmo tempo. Virar o corpo, ao invés de incliná-lo, irá fazer com que suas mãos fiquem posicionadas erradamente sobre o teclado do piano prejudicando sua execução.

4) Alinhe o dedo, pulso e cotovelo.

Por outro lado o seu cotovelo não deve estar nem abaixo nem acima do seu dedo. Foque, por exemplo, no dedo mindinho e alinha com o pulso e, ao mesmo tempo, ao cotovelo. Significa que você não deve, por exemplo, levantar ou abaixar os ombros, o que facilmente iria dificultar este alinhamento.

Simultaneamente a manutenção deste alinhamento irá facilitar, inclusive, que você consiga manter suas mãos posicionadas corretamente.

5) Toque com a ponta dos dedos.

Especialmente com o dedo mindinho, é preciso redobrar a atenção para que use a ponta dos dedos ao invés de usar outras partes. É um pouco mais complicado para quem usa unhas compridas, apesar disso, é preciso se atentar a isso.

Se você não tocar com ponta dos dedos, poderá empregar de maneira errada o peso dos braços, assim, prejudicando todo o seu desempenho.

6) Mantenha os dedos curvados

Mantenha os dedos curvados de forma que a sua mão fique de forma côncava. Assim, irá conseguir movimentá-los corretamente e distribuir o peso do braço.

Simultaneamente, mudando a posição dos dedos, correrá risco de prejudicar a sua articulação.

7) Mantenha os polegares retos

Não é possível manter o polegar com a mesma posição dos outros dedos. Você deve encontrar no teclado do piano utilizando a parte lateral do polegar.

Se estiver tocando com a ponta do polegar, significa que sua mão está levantada de mais e você não está na posição correta. Atenção a isso.

8) Manter os dedos curvados para fora

Definitivamente é preciso muita atenção com a parte articulada dos dedos. Sem perceber, é possível que você acabe deixando a ultima parte do dedo, encurvada para dentro, o que está errado. Mantenha sempre os dedos curvados para fora.

Curvar os dedos para dentro poderá ocasionar lesões e, dependendo da intensidade da música, problemas mais sérios e até fraturas.

9) Mantenha o corpo ereto

Alinhe a cabeça, ombros e quadril de forma que o seu corpo fique ereto. Atenção para mesmo depois de algum momento de execução, não encurvar a coluna ou pescoço.

Dessa forma não deixe o corpo ereto isso pode causar problemas sérios de coluna, dores nos ombros e pescoço entre outros.

10) Seus pés devem estar apoiados

Independente de você ser baixo ou alto, seu banco precisa estar na altura compatível ao seu tamanho para que suas mãos fiquem nas posições corretas, já indicadas nos itens anteriores. Se nesta altura, seus pés não tocarem o chão, não abaixe o banco, utilize um banquinho para apoiar os pés.

Em conclusão é recomendado para crianças ou pessoas baixas manter o banco na altura correta, entendendo correto como a altura que proporcione que suas mãos fiquem na posição ideal permitindo uma melhor performance.

Essa publicação foi realizada originalmente por Rafael Bueno, em agosto de 2017, atualizada e revisada dia 10 de agosto de 2021 por João Marcondes.

Fique atendo sempre com essas 10 dicas. Para ajudá-lo a memorizar, salve o infográfico que criamos especialmente para você:

postura no piano - souza lima aula de música

SHARE
Previous articleO que é Teoria Musical?
Next articleO que é Improvisação Musical?
Primeiro me segue no instagram: joaomarcondesoficial! Eu sou o Professor João Marcondes! Sou coordenador pedagógico dos programas Composição Popular - Letra e Musica, do Preparatório para Vestibular de Música (extensivo, semi-intensivo e intensivo), do Curso Técnico em Processos Fonográficos - Produção Musical, e da Pós-Graduação em Educação Musical, cursos que ocorrem na unidade Paraíso. Também coordeno programas livres como Arranjo para pequenos agrupamentos, Arranjo para agrupamentos médios, Composição Instrumental. E coordeno as unidades Moema e Alphaville desde 2010. Também atuo na instituição em tarefas administrativas, como assistente de direção da instituição e diretor da editora Souza Lima. Sou autor do BLOG Souza Lima e do BLOG Souza Lima - Magazine Luiza! Meus livros e métodos estão publicados no KINDLE - Amazon em parceria com a Editora Souza Lima. Sou educador Musical, compositor, arranjador e instrumentista. Mestre em Educação Arte e História da Cultura, especializado em docência em música brasileira, graduado e técnico em música. Suas composições e obras fonográficas estão disponíveis para audição no Spotify, Deezer e iTunes Music. É diretor e fundador da gravadora BAC Discos! www.bacdiscos.com/ Segue no instagram; https://www.instagram.com/joaomarcondesoficial/