Por que cai tanta coisa no vestibular de música?

por que

Por que cai tanta coisa no vestibular de música?

Já fazia um tempo que não interagia com um leitor! Estou atento em revisar os conteúdos do nosso BLOG nesse começo de ano! Agora que coube: por que cai tanta coisa no vestibular de música?

Em primeiro lugar a faculdade de música é um espaço de especialização. Diferentemente das graduações em medicina, direito, engenharia, onde os estudantes ingressam sem nenhum conhecimento específico, para os programas de música é preciso conhecimento específico médio para avançado.

Sim! Precisamos saber música para fazer faculdade de música! Ninguém sabe direito para fazer faculdade de direito, ou medicina para fazer medicina! Esse é o ponto!

Na faculdade de música diversos conhecimentos prévios estão previstos!

História da música, alfabetização musical completa – ler escrever, boa percepção rítmica, boa percepção melódica, solfejo, harmonia, prática em instrumento (se prestar bacharelado em instrumento), regência introdutória (se prestar regência), composição introdutória (se prestar bacharelado em composição). Se o programa for licenciatura, leitura e reflexão dos livros sobre educação musical.

É preciso preparo!

No Souza Lima temos um programa para tal chamado Preparatório para Vestibular. São três tipos de programas – intensivo, semi-intensivo e extensivo. Respectivamente com duração de quatro meses e meio, sete meses e meio, e dez meses e meio.

Você se prepara exercitando e refletindo sobre o fazer musical! Na faculdade dado o preparo prévio torna-se ambiente para formação artística, docente e estética. Esse é o ponto!

Em quatro ou cinco anos, como são os bacharelados e licenciaturas em música no Brasil, não se forma um músico. Um músico precisa de mais tempo ou de um programa direcionado que o prepare!

Fácil assim! Saiba mais!

#VemProSouzaLima

SHARE
Previous articleO que é organologia?
Next articleComo medir meu desenvolvimento musical?
João Marcondes
Professor João Marcondes é coordenador pedagógico dos programas Composição Popular - Letra e Musica, do Preparatório para Vestibular de Música (extensivo, semi-intensivo e intensivo), do Curso Técnico em Processos Fonográficos - Produção Musical, e da Pós-Graduação em Educação Musical, cursos que ocorrem na unidade Paraíso. Programas livres como Arranjo para pequenos agrupamentos, Arranjo para agrupamentos médios, Composição Instrumental. Coordena as unidades Moema e Alphaville desde 2010. João Marcondes também atua na instituição em tarefas administrativas, é assistente de direção da instituição e diretor da editora Souza Lima. É autor do BLOG Souza Lima e do BLOG Souza Lima - Magazine Luiza! Seus livros e métodos estão publicados no KINDLE - Amazon em parceria com a Editora Souza Lima. É educador Musical, compositor, arranjador e instrumentista. Mestre em Educação Arte e História da Cultura, especializado em docência em música brasileira, graduado e técnico em música. Suas composições e obras fonográficas estão disponíveis para audição no Spotify, Deezer e iTunes Music. É diretor e fundador da gravadora BAC Discos! www.bacdiscos.com/