Por que algumas músicas fazem tanto sucesso?

sucesso

Parece algo realmente difícil de explicar, afinal porque algumas músicas fazem tanto sucesso?

Nos anos que antecederam minha profissionalização pensava que ser profissional da música era tocar, dar aulas de música e compor. Não imaginava mesmo a gama de possibilidades de atuação do músico profissional.

Meu nome é João Marcondes, e vou explicar algumas coisas para vocês! Vamos lá?

Com o passar das experiências que se sucederam, e dado algum preparo realizado nas atividades diversificadas do profissional da música, o contato com alguns músicos e produtores atuantes, assim como eu naquele período, fez-me refletir e pesquisar diretamente sobre o tema proposto nesse artigo.

Uma música inédita já pode ter sido ouvida inúmeras vezes. Você sabia? E o sucesso de uma música está atrelado a essa relação do inconsciente.

Uma música é composta por códigos e se você já os conhece aperfeiçoa a percepção e a sensação de conforto sobre esses códigos. Impera então o que chamamos de inconsciente coletivo.

Uma música com códigos inteiramente novos adere vagarosamente em sua percepção. E enquanto os códigos estão em absorção a sensação é de desafio. Aquele conforto some! Sabe? E muitas vezes nos distraímos e trocamos de música. Quem nunca fez isso?

Compositores

Claro que os compositores dessas músicas populares que aderem tão rapidamente a nossa audição estão cientes dessa questão. E aproveitam recursos harmônicos, rítmicos e melódicos para convencer nossos ouvidos a sensação de conforto. De repente nos deparamos com uma cantoria, e vivenciamos algo que conhecemos ao que pareceria termos ouvido pela primeira vez.

Engano?

Na realidade esses códigos estão em nossa memória musical. E isso ainda sem aprofundar sobre os textos dessas músicas, a letra, que carrega medidas e termos cotidianos, que já ouvimos ou aqueles que já falamos nas gírias e rimas em nosso dia a dia. Tudo para que a sensação rápida de compreensão da música se amplifique!

Ouvir uma música de sucesso dessas que tocam incansavelmente é ouvir os mesmos códigos brevemente reorganizados. Claro que esse repertório usufrui sem esbarrar no que é considerado plágio. Mas isso já é assunto para outra conversa.

No Programa Composição: Letra e Música, que eu mesmo coordeno justamente estudamos esses aspectos!

#VemProSouzaLima

Publicado em 6 de março de 2018, ampliado e revisado em 29 de janeiro de 2020.

 

SHARE
Previous articleMeu filho quer ser músico, e agora?
Next articleQuero ser Educador Musical
João Marcondes
Professor João Marcondes é coordenador pedagógico das unidades Moema, Alphaville e Ribeirão Preto. É idealizador e coordenador pedagógico dos programas Composição Popular - Letra e Musica, do Preparatório para Vestibular de Música (extensivo, semi-intensivo e intensivo), do Curso Técnico em Produção Musical, e da Pós-Graduação em Educação Musical, que ocorrem na unidade Paraíso. João Marcondes atua na instituição em tarefas administrativas, é assistente de direção da instituição e diretor da editora Souza Lima. É editor e autor do BLOG Souza Lima, com mais de quinhentas publicações (BR, ES e EN). É educador Musical, compositor, arranjador e instrumentista. Mestre em Educação Arte e História da Cultura, especializado em docência em música brasileira, graduado e técnico em música. Composições e obras disponíveis para audição no Spotify, Deezer e iTunes Music.