Organologia – Aerofones

joão marcondes

Quando observamos os instrumentos musicais, por vezes, nos confundimos com a informação visual estipulada. Se são instrumentos de teclas, são os instrumentos de fole, palheta dupla, palheta simples, bocal… Para organologia, o que são instrumentos aerofones?

São instrumentos que utilizam da ventilação humana ou do movimento do ar por fole para emitir som – combinada com a composição de chaveamentos, teclas, palhetas e botões.

Para a música brasileira popular, urbana os instrumentos de metal, com bocal, válvulas ou vara possuem destaque, trompete e trombone, e compõe o agrupamento da big-band, habituais em samba de gafieira, e variações da música instrumental improvisada. O trombone e o trompete – instrumento transpositor – estão presentes também na formação da orquestra sinfônica.

A flauta transversal, é um instrumento das madeiras, com bocal, chaveamentos combinatórios. A flauta está para o choro, samba, tal qual o clarinete – que é um instrumento transpositor, madeiras, de palheta simples.

Saxofone também é um instrumento das madeiras, de palheta simples, aerofone. Presente no agrupamento da big-band, na banda sinfônica, e continuamente utilizado na música pop.

Embora as teclas pareçam uma família específica, estão separados em variações de emissão por cordas percutidas, por cordas pinçadas, pelo fluxo do ar – aerofones. E até por sintetizadores: Teclado.

A escaleta é o mais jovem desses instrumentos aerofones, as teclas combinam os orifícios internos no movimento da ventilação humana. Instrumentos aerofones de teclas. O acordeão, ou sanfona, possui fole. E até mesmo o órgão, que está presente nas igrejas coloniais brasileiras!

Instrumentos como a gaita de boca, clarone, oboé, fagote, também são aerofones, sendo que os dois últimos possuem palheta dupla. A trompa, instrumento aerofone de metal.

Na variação de função musical, exceto o acordeão, o órgão, e a escaleta, que também podem exercer harmonia, os demais instrumentos são melódicos – emitindo apenas um som por oportunidade.

Aproveite nosso infográfico com considerações sobre essa família, tão especial e dominante na música, o conteúdo organizado de forma mais visual. Aproveite!

No Brasil possuímos muitas referências em cada instrumento, mas é assunto para uma nova postagem.

O conhecimento é um caminho sem volta!

 

João Marcondes

 

 

SHARE
Previous articleQuando tocar de graça como músico?
Next articleO que é CD?
João Marcondes
Professor João Marcondes é coordenador pedagógico dos programas Composição Popular - Letra e Musica, do Preparatório para Vestibular de Música (extensivo, semi-intensivo e intensivo), do Curso Técnico em Processos Fonográficos - Produção Musical, e da Pós-Graduação em Educação Musical, cursos que ocorrem na unidade Paraíso. Programas livres como Arranjo para pequenos agrupamentos, Arranjo para agrupamentos médios, Composição Instrumental. Coordena as unidades Moema e Alphaville desde 2010. João Marcondes também atua na instituição em tarefas administrativas, é assistente de direção da instituição e diretor da editora Souza Lima. É autor do BLOG Souza Lima e do BLOG Souza Lima - Magazine Luiza! Seus livros e métodos estão publicados no KINDLE - Amazon em parceria com a Editora Souza Lima. É educador Musical, compositor, arranjador e instrumentista. Mestre em Educação Arte e História da Cultura, especializado em docência em música brasileira, graduado e técnico em música. Suas composições e obras fonográficas estão disponíveis para audição no Spotify, Deezer e iTunes Music. É diretor e fundador da gravadora BAC Discos! www.bacdiscos.com/