O que é uma série dodecafônica?

O que é uma série dodecafônica?

Série dodecafônica é uma coleção das doze alturas cromáticas presentes na prática da música ocidental, apresentadas ou dispostas sucessivamente, sem que se repitam até que esteja completada a apresentação, um ciclo.

A prática dodecafônica descarta na sucessão das doze alturas cromáticas as estruturas de tríades maiores e menores, típicas da música de aspecto diatônico.

Por exemplo, nenhuma composição das doze tríades maiores ou das doze tríades menores em posição fundamental ou invertidas, primeira ou segunda inversão, serão apresentadas na coleção dodecafônica.

Dó mi sol ou mi sol dó ou sol do mi. Ou quaisquer das outras onze tríades maiores, e das outras doze tríades menores, serão parte dessa combinação.

Observe então uma série dodecafônica próximo ao que se planeja exemplificar:

Série dodecafonica

A partir dessa coleção, assim como escolhemos uma escala ou tonalidade para compor algo diatônico, partimos dessa série assim ordenada para compor uma obra serial, que remeterá ao atonalismo, prática típica da música do século XX.

Referências auditivas: Arnold Schoenberg e Anton Webern.

O criador

Coube ao primeiro a criação do sistema, Schoenberg inclusive justifica o dodecafonismo em valores sociais remetendo as perseguições que o povo judeu sofreu nas grandes guerras mundiais, e como na realidade todos são iguais, não havendo hierarquia entre as notas como há no sistema diatônico, planificou uma proposição estética que qualificasse a utopia de um mundo igualitário.

Embora ao meu gosto em particular quanto a prática musical prefiro Webern aplicando o dodecafonismo, que o próprio Schoenberg.

Perguntas: É possível utilizar dodecafonismo, ou a inspiração dele em obras diatônicas?

Sim! Podemos em todos os espaços da criação utilizar do que melhor considerarmos, se em textura homofônica, polifônica ou monofônica, se quanto ao tonalismo ou atonalismo e suas vanguardas. Eu mesmo na obra O indelével prenúncio das águas, Rio e a Cidade utilizo práticas diversas, e em dado momento uma inspiração dodecafôncia, está a partir de 4:30.

Gostou da publicação?

Sempre que curtir compartilhe com colegas! Isso contribui de maneira determinante com a manutenção do BLOG!

E sempre! #VemProSouzaLima

*Preferia na imagem que ilustra a publicação um Kandinsky, mas não consegui imagem de qualidade. A preferência se dá pela amizade que o artista plástico tinha com Schoenberg.

SHARE
Previous articleQuais os principais problemas que podem ocorrer em um contrabaixo acústico?
Next articleO que é uma gig em música?
João Marcondes
Professor João Marcondes é coordenador pedagógico dos programas Composição Popular - Letra e Musica, do Preparatório para Vestibular de Música (extensivo, semi-intensivo e intensivo), do Curso Técnico em Processos Fonográficos - Produção Musical, e da Pós-Graduação em Educação Musical, cursos que ocorrem na unidade Paraíso. Programas livres como Arranjo para pequenos agrupamentos, Arranjo para agrupamentos médios, Composição Instrumental. Coordena as unidades Moema e Alphaville desde 2010. João Marcondes também atua na instituição em tarefas administrativas, é assistente de direção da instituição e diretor da editora Souza Lima. É autor do BLOG Souza Lima e do BLOG Souza Lima - Magazine Luiza! Seus livros e métodos estão publicados no KINDLE - Amazon em parceria com a Editora Souza Lima. É educador Musical, compositor, arranjador e instrumentista. Mestre em Educação Arte e História da Cultura, especializado em docência em música brasileira, graduado e técnico em música. Suas composições e obras fonográficas estão disponíveis para audição no Spotify, Deezer e iTunes Music. É diretor e fundador da gravadora BAC Discos! www.bacdiscos.com/