O que é Ritmo? – Infográfico

Ritmo é o conjunto de elementos que se estabelece a partir de um pulso constante. Age mediante continuidade.

Escrito por avaliação proporcional de som e silêncio, por figuras que possuem representação idêntica de valor e duração.

Vide quadro de valores binários!

Vale lembrar que primeiramente o ritmo é uma composição de expressividade das palavras do latim. E para textos litúrgicos. No século IX e X. Uma música que atendia uma reflexão. Ritmo da expressividade, ritmo da comunicação eclesiástica.

A compreensão rítmica se modifica quando a música escrita passa a observar fenômenos populares, pagãos – para a linguagem medieval e renascentista. Uma música que está atrelada a dança, ao movimento circular mas repetido, que possui padrões.

E a partir dessa observação a escrita rítmica dialoga com um todo. Que possui pulso constante. Que representa, por exemplo, um ostinato(Sabe o que é? Leia aqui!).

Fato é que as composições musicais passam a interagir por um domínio da escrita que se propaga sob outros meios que não mais de exclusivo poder (e controle) da igreja.

E se não são apenas monges e padres que usufruem da escrita, o conhecimento transita, e propicia o atendimento para outras demandas.

O Ritmo culminou ao que uma escrita musical necessita. O ritmo propiciou fidelidade para uma determinada ideia musical. E munidos dessa tradição os compositores surgiram com protagonismo cada vez maior. Um protagonismo artístico, individual, e em detrimento do poder do clero, protagonista de outrora sobre a criação. A partir do período Barroco, o compositor se sustenta como propositor de ideias. Esse ponto primordial, propiciou a evolução da escrita musical.

Termos rítmicos

Métrica – medida que organiza o pulso constante em fragmentos. Os compassos, de dois em dois tempos, de três em três tempos, de quatro em quatro em tempos, estabelecem continuidade sob algo fixo.

Compasso – fragmento do pulso constante, de linguagem gráfica, medida que estabelece a relação total entre a métrica e a unidade de tempo.

Signo de compasso ou Fórmula de compasso – relação que estabelece a proporção de um compasso, o número de cima determina a métrica, e o de baixo a representação da unidade de tempo. Dois por quatro, por exemplo, de dois em dois tempos o pulso constante está organizado, com a figura quatro – a semínima, representando um tempo. Duas figuras da semínima cumprem um compasso.

O ritmo faz parte de uma construção primordial, que transitará pela acentuação, e culminará na expressividade humana exacerbada no romantismo, século XIX.

Através do uso da intensidade, a ideia notória ou específica de um compositor será atendida. E dessa valia a música mais uma vez se transformou.

Assunto para outra conversa! Vamos ao infográfico?

João Marcondes

SHARE
Previous articleInfográfico da Melodia
Next articleO que é Música de Câmara?
João Marcondes
Professor João Marcondes é coordenador pedagógico das unidades Moema, Alphaville, Ribeirão Preto e Lençóis Paulistas. É idealizador e coordenador pedagógico dos programas Composição Popular - Letra e Musica, do Preparatório para Vestibular (extensivo e semi-intensivo), do Curso Técnico em Produção Musical, e da Pós-Graduação em Educação Musical, que ocorrem na unidade Paraíso. João Marcondes atua na instituição em tarefas administrativas como assistente de direção, e ainda é diretor da editora Souza Lima. É editor e autor do BLOG Souza Lima, com mais de quinhentas publicações (BR, ES e EN). É educador Musical, compositor, arranjador e instrumentista. Mestre em Educação Arte e História da Cultura, especializado em docência em música brasileira, graduado e técnico em música. Composições e obras disponível no Spotify, Deezer e iTunes Music.