O que é Quarteto de Cordas?

quarteto de cordas

O que é Quarteto de Cordas?

É um agrupamento musical típico da música clássica, embora tenha sido apresentado no Barroco Tardio.

O quarteto de cordas reúne dois violinos, uma viola e um violoncelo – instrumentos de cordas friccionadas de ampla projeção sonora e controle praticamente absoluto de dinâmica.

Para recordar quem já acompanha o BLOG, ou para explicar para quem ainda não está habituado aos termos, friccionar é obter som por atrito. E perante a organologia esses instrumentos estão agrupados na família de cordas friccionadas.

No caso o atrito gerado pelo arco dos instrumentos, postado na mão direita do instrumentista, com as cordas. Vale ressaltar que todos os instrumentos da família de cordas friccionadas possuem quatro cordas.

O contrabaixo acústico possui uma variação orquestral que possui cinco cordas, que inclui uma corda mais grave, ampliando as possibilidades de tessitura do instrumento e da família das cordas.

Símbolo de um Estilo

O agrupamento tornou-se símbolo das obras dos principais compositores da música escrita – clássica ou erudita, como preferir. Haydn, Mozart, Beethoven, Debussy, Villa-Lobos são alguns dos principais compositores que dedicaram obras ao quarteto de cordas.

Fato relevante é que nesta reunião habitualmente todos os instrumentos exercem função melódica, oscilando entre as camadas da obra musical.

As camadas são organizadas em protagonista, antagonista e contínuo, embora o instrumento mais agudo, no caso o primeiro violino, se destaque em certas composições clássicas, ele também poderia ser o antagonista, não sempre o protagonista.

Protagonista?

Quaisquer dos instrumentos pode ter protagonismo momentâneo ou contínuo, no entanto o que se considera ideal para os processos criativos desse agrupamento, com viés romântico e contemporâneo, é que todos sejam extremamente desenvolvidos.

Em um viés clássico, homofônico, o primeiro violino é protagonista, é verdade, mas observar todos em pleno desenvolvimento é o ápice das composições para o agrupamento.

O instrumento agudo chama atenção, principalmente pela imposição do mercado fonográfico, algo que torna inevitável reparar na fonte aguda como protagonista.

Típico

Esse desenvolvimento típico pode se basear nas estratégias do contraponto, desenvolvidas desde o período renascentista na prática vocal, e que podem ser mais potencializadas quando tratamos de instrumentos de prática exclusivamente instrumental, o quarteto de cordas também se destaca.

Perfeito! Falamos um pouco, vamos agora conferir a extensão dessa publicação do BLOG Souza Lima no infográfico que preparamos?

Eu sou o autor do projeto, Professor João Marcondes, assino esse texto e conteúdo, que contou com o designer de Jean Forrer para infográfico! Grande parceiro!

Quarteto de Cordas

Publicado em setembro de 2019, ampliado e revisado em 21 de outubro de 2020.

OPINIÃO PESSOAL

O quarteto das cordas friccionadas é um agrupamento fundamental para os compositores de música escrita. Eu particularmente tenho composto quatro obras integrais para quarteto de cordas. E usufruí do agrupamento parcialmente ou integralmente em algumas produções.

Nessa em especial é possível ouvir parte do agrupamento, dado que na produção por conta da presença das vozes meninas, descartei algumas vozes, já que a obra estava destinada ao cinema.

A pergunta: Qual instrumento foi descartado? A viola, um violino ou o violoncelo? Lembrando que aqui se acrescentou o contrabaixo acústico tocado em pizzicato, procurando alguma profundidade quanto a execução dos instrumentos. A presença do contrabaixo forma um quinteto de cordas, como vimos no infográfico.

Na experiência cinematográfica da trilha, a cena do filme foi gravada com a música tocando para os atores, atrizes e figurantes. Um momento muito emocionante, que trouxe uma visão especial para a produção da película cinematográfica.

A produção musical nesse caso contribuiu com a expressividade solicitada pelo diretor. Para mim foi uma surpresa o método escolhido pelo diretor para utilização da música, que emocionou imensamente os participantes.

A cena era uma missa de corpo presente, gravada em uma Igreja na cidade de Porto Alegre.

Gostou da trilha? Escreva, quem sabe produzimos algo? www.joaomarcondes.com

#VemProSouzaLima

 

 

SHARE
Previous articleComo organizar o tempo para estudar música?
Next articleQuantos anos de duração possui um curso de música?
João Marcondes
Professor João Marcondes é coordenador pedagógico dos programas Composição Popular - Letra e Musica, do Preparatório para Vestibular de Música (extensivo, semi-intensivo e intensivo), do Curso Técnico em Processos Fonográficos - Produção Musical, e da Pós-Graduação em Educação Musical, cursos que ocorrem na unidade Paraíso. Programas livres como Arranjo para pequenos agrupamentos, Arranjo para agrupamentos médios, Composição Instrumental. Coordena as unidades Moema e Alphaville desde 2010. João Marcondes também atua na instituição em tarefas administrativas, é assistente de direção da instituição e diretor da editora Souza Lima. É autor do BLOG Souza Lima e do BLOG Souza Lima - Magazine Luiza! Seus livros e métodos estão publicados no KINDLE - Amazon em parceria com a Editora Souza Lima. É educador Musical, compositor, arranjador e instrumentista. Mestre em Educação Arte e História da Cultura, especializado em docência em música brasileira, graduado e técnico em música. Suas composições e obras fonográficas estão disponíveis para audição no Spotify, Deezer e iTunes Music. É diretor e fundador da gravadora BAC Discos! www.bacdiscos.com/