O que é ostinato? Preciso saber isso em música?

O ostinato designa determinado padrão recorrente em uma obra musical, contribuindo com a consolidação da métrica e se estabelecendo sobre o pulso constante.

Você é capaz de reconhecer um ostinato? Vamos aprender?

Em determinado artigo escrevi sobre a importância de se ouvir música de forma inteligente. Uma audição que procura extrair os elementos primordiais. Repleta e contínua.

Um exemplo?

O Bolero de Ravel (1875 – 1937), um estudo de orquestração que se tornou icônico na obra do compositor francês, apresenta um excelente exemplo de ostinato rítmico.

Presente em toda obra a matriz do ostinato está na caixa clara. Na medida em que ingressam e regressam na orquestração até compor interessante tutti orquestral, os instrumentos dialogam compondo a textura do ostinato.

São dois compassos similares na consolidação de Ravel, estabelecendo ao pulso constante uma métrica de três tempos, composto por dois compassos. Mas já que o ostinato completo está sobre seis pulsos poderíamos considerar o compasso hexanário?

Sim.

Algumas relações e convenções métricas são optativas. E respeitam certa tradição musical. Por exemplo, há em alguns gêneros musicais dois ou mais sobrepostos, e a definição métrica devem optar por um deles de acordo com a sensação que se absorve.

Provavelmente Maurice Ravel além de optar pela tradição do compasso ternário em detrimento ao compasso hexanário, considerou que o último pulso de cada compasso compunha apenas uma variação e não caracterizando assim seis pulsos contínuos.

Qual a sua sensação para a obra? Isso é valioso para consolidar a escrita.

Procure reconhecer em obras a métrica e localize o ostinato se houver.

Sim há casos de obras que não possuem. Abordaremos em outra conversa, assim como suas variações em forma melódica e harmônica. Hoje demos o primeiro passo desse assunto tão importante. Vamos em frente!

Ouvir e pensar música, que o conhecimento musical auxiliará na prática do seu instrumento, na forma, composição ou arranjo.

SHARE
Previous articleComo iniciar uma aula de violão
Next articleQuero ser músico instrumentista
João Marcondes
Professor João Marcondes é coordenador pedagógico das unidades Moema, Alphaville, Ribeirão Preto e Lençóis Paulistas. É idealizador e coordenador pedagógico dos programas Composição Popular - Letra e Musica, do Preparatório para Vestibular (extensivo e semi-intensivo), do Curso Técnico em Produção Musical, e da Pós-Graduação em Educação Musical, que ocorrem na unidade Paraíso. João Marcondes atua na instituição em tarefas administrativas como assistente de direção, e ainda é diretor da editora Souza Lima. É editor e autor do BLOG Souza Lima, com mais de quinhentas publicações (BR, ES e EN). É educador Musical, compositor, arranjador e instrumentista. Mestre em Educação Arte e História da Cultura, especializado em docência em música brasileira, graduado e técnico em música. Composições e obras disponível no Spotify, Deezer e iTunes Music.