O que é organologia?

organologia

O que é organologia?

Organologia é a ciência que estuda os instrumentos musicais.

Outrora o termo Organologia foi título de disciplina em conservatórios e faculdades de música. A disciplina Organologia foi substituída por outras como Arranjo e Instrumentação. Ocorre que no eixo temático essas matérias, que já existiam, tratam da composição ou aplicação dos recursos organológicos perante uma ótica artística.

Um estudante que introduz o conhecimento criativo sem o saber técnico consolidado está fadado a repetir padrões presentes em livros e arranjos. Fato que ocorre pelo excesso de orientações impositivas nas metodologias que servem estas disciplinas.

O que fazer ou o que não fazer cerceia o pensamento, ainda mais quando se desconhece a capacidade de um instrumento musical.

Eu, como estudante, fui vítima desses pensamentos. O docente simplesmente determinou “essa região do instrumento é ruim, e deve ser evitada”! Uma frase muitíssimo burra que seria melhor constituída se fosse apresentada como penso “essa região é ruim se você procura lirismo e apresentação melódica tradicional quanto ao timbre do instrumento, mas será melhor aproveitada para efeitos e sensações que compõe o fazer musical ocidental”.

É isso mesmo!

A música do belo e formoso espetáculo é apenas um ruído clássico! E quando descrevo clássico estamos falando do classicismo da música erudita, do século XVIII e meados do século XIX. Pois a partir dali o conhecimento do que é capaz de realizar um instrumento modificou a história da música!

Ainda no século XIX consolidou-se o uso da totalidade das estratégias de um instrumento. No século XX a ampliação desses recursos frente aos ruídos!

Efeito é parte de uma composição ou de um arranjo tanto quando a mais lírica melodia! E ainda mais: o efeito pode ter supremacia na constituição de uma obra musical!

Para aí a importância de se conhecer organologia tanto quanto a seguir ser capaz de introduzir aos passos criativos sob uma ótica que reflete a música de todo tempo. O docente que ensina arranjo e instrumentação sem passar pela organologia transforma os alunos em projetos robóticos de criação.

Claro, evidentemente, é mais fácil controlar mentes cerceadas do que propiciar os mecanismos para a liberdade!

#VemProSouzaLima

No Souza Lima oferecemos dois cursos livres, que eu mesmo coordeno e leciono, que tratam da criação, arranjo e instrumentação tanto quanto da organologia! Saiba mais!

Arranjo para pequenos agrupamentos!

Arranjo para agrupamentos médios!

SHARE
Previous articleO que é contraponto?
Next articlePor que cai tanta coisa no vestibular de música?
João Marcondes
Professor João Marcondes é coordenador pedagógico das unidades Moema, Alphaville e Ribeirão Preto. É idealizador e coordenador pedagógico dos programas Composição Popular - Letra e Musica, do Preparatório para Vestibular de Música (extensivo, semi-intensivo e intensivo), do Curso Técnico em Produção Musical, e da Pós-Graduação em Educação Musical, que ocorrem na unidade Paraíso. João Marcondes atua na instituição em tarefas administrativas, é assistente de direção da instituição e diretor da editora Souza Lima. É editor e autor do BLOG Souza Lima, com mais de quinhentas publicações (BR, ES e EN). É educador Musical, compositor, arranjador e instrumentista. Mestre em Educação Arte e História da Cultura, especializado em docência em música brasileira, graduado e técnico em música. Composições e obras disponíveis para audição no Spotify, Deezer e iTunes Music.