O que é música?

Falar sobre o que é música para quem a vivencia por todos os dias é algo que pode parecer muito redundante. E é impossível deixar escapar a emoção, a alegria, afinal há muito amor envolvido.

Evidentemente que essa pergunta tem lá sua importância. E até por compor uma expectativa e resposta técnica, que traga um esclarecimento breve, único e direto. Mas vale lembrar: a imprecisão sobreviveria em algo que movimenta tanta emoção.

Música é uma expressão humana, assim como qualquer outra manifestação artística.

Fazemos música porque precisamos nos comunicar, e exprimir o que nos é fundamental,  mesmo que sem a precisão das palavras, ou algo que se pode tocar. Ou simplesmente, ver.

A arte que combina sons perfeitos, notas, e que também envolve silêncio e ruídos traz a respiração do artista tanto quanto sua euforia, se nas pausas ou em mil sons combinados.

A música possui muitas características, e a organização do som em seus fundamentos físicos – altura, duração, timbre e intensidade, são o ponto fundamental.

Os aspectos da música surgem através da utilização dos fundamentos físicos do som. Ritmos. Melodias. Convergindo, divergindo. E formando camadas, texturas, somado ao que conhecemos como Harmonia.

Na música há estilos. Há valores por períodos. Há a música que se canta com letra, e há o que conhecemos como erudito, como popular, como folclore. Rítmico. Instrumental.

Ocorre que esta arte é um valor diário de nossas vidas.

Está na série que mais gostamos. Está nos filmes que assistimos repetidamente, nas cenas precisas deles, que através da música nos emocionamos.

O que é música?

Música é algo que um texto de mil palavras não é capaz de definir. E tampouco livros e mais livros, já que bastam alguns compassos bem tocados que se explica de maneira sucinta e muito mais precisa o que é música.

E nesses compassos trafegamos pelo tempo. Lembramo-nos de nossa existência. Trazemos as nossas memórias.

Como falar sobre algo que não tem fim? Algo que se explica tocando, compondo ou ensinando?

Valha-nos a arte que está em tudo, mesmo que esqueçamos que ali está. Viva a música!

SHARE
Previous articleQuanto tempo leva para aprender a tocar um instrumento musical?
Next articleEstudar Música no Brasil
João Marcondes
Professor João Marcondes é coordenador pedagógico das unidades Moema, Alphaville, Ribeirão Preto e Lençóis Paulistas. É idealizador e coordenador pedagógico dos programas Composição Popular - Letra e Musica, do Preparatório para Vestibular (extensivo e semi-intensivo), do Curso Técnico em Produção Musical, e da Pós-Graduação em Educação Musical, que ocorrem na unidade Paraíso. João Marcondes atua na instituição em tarefas administrativas como assistente de direção, e ainda é diretor da editora Souza Lima. É editor e autor do BLOG Souza Lima, com mais de quinhentas publicações (BR, ES e EN). É educador Musical, compositor, arranjador e instrumentista. Mestre em Educação Arte e História da Cultura, especializado em docência em música brasileira, graduado e técnico em música. Composições e obras disponível no Spotify, Deezer e iTunes Music.