O que é Harmonia?

Harmonia é o coeficiente musical que se estabelece verticalmente. Que se escuta em blocos. Primeiramente pelo encontro das vozes, da polifonia de resultado harmônico, e a partir do período clássico como uma camada de uma obra musical que acompanha uma única melodia, assim é a harmonia.

Termos da harmonia: Acordes – bicorde, tríade e tétrade, extensões. Baixo cifrado. Cifras. Acompanhamento. Cadências.

Acorde é um conjunto de notas. Que se comporta em bicorde, composto por uma fundamental e uma quinta justa. São doze bicordes.

Tríade composta em sobreposições de terças, possui fundamental, terça maior ou menor, quinta justa ou aumentada ou diminuta. As tríades são Compostas em quatro espécies: maior (F 3M e 5J), menor (F 3m 5J), diminuta (F 3m 5d) e aumentada (F 3M 5a). Totalizando 40 conjuntos diferentes de tríades.

Originadas a partir de uma escala, tríades e tétrades formam o que conhecemos como campo harmônico.

As tétrades são formadas a partir das tríades.

Uma tríade maior pode receber sétima maior ou sétima menor.

Uma tríade menor pode receber sétima menor ou sétima maior.

Uma tríade aumentada pode receber uma sétima menor ou sétima maior, enquanto uma tríade diminuta pode receber a sétima diminuta ou sétima menor. São 87 conjuntos de tétrade.

As extensões são terças sobrepostas sucessivamente, ao fim da estrutura da tétrade, da sétima, compondo nona, décima primeira e décima terceira. As extensões podem ser diatônicas, que correspondem ao núcleo de uma escala maior ou menor. Ou não-diatônicas.

Baixo cifrado é um sistema típico da música erudita, que surgiu no renascimento, de maneira a reduzir as vozes polifônicas a uma síntese estrutural. O baixo cifrado estabelece conjuntos.

Cifras é um conceito e processo da música popular, que representa conjuntos de notas. É uma linguagem interpretativa. Que não estipula altura, e disposição das notas. Sua execução leva em conta estilo, e gênero, e a capacidade interpretativa do instrumentista.

As cifras combinam letras maiúsculas e minúsculas, números, termos e símbolos, para apresentar o conjunto de notas.

Bom, na segunda postagem do assunto, falaremos do que faltou! Por hoje é só! Dúvidas?

SHARE
Previous articleAs Características do Pandeiro
Next articleO protagonismo do gênero e a vontade na aprendizagem de um instrumento
João Marcondes
Professor João Marcondes é coordenador pedagógico das unidades Moema, Alphaville, Ribeirão Preto e Lençóis Paulistas. É idealizador e coordenador pedagógico dos programas Composição Popular - Letra e Musica, do Preparatório para Vestibular (extensivo e semi-intensivo), do Curso Técnico em Produção Musical, e da Pós-Graduação em Educação Musical, que ocorrem na unidade Paraíso. João Marcondes atua na instituição em tarefas administrativas como assistente de direção, e ainda é diretor da editora Souza Lima. É editor e autor do BLOG Souza Lima, com mais de quinhentas publicações (BR, ES e EN). É educador Musical, compositor, arranjador e instrumentista. Mestre em Educação Arte e História da Cultura, especializado em docência em música brasileira, graduado e técnico em música. Composições e obras disponível no Spotify, Deezer e iTunes Music.