O ambiente musical é machista?

O ambiente musical é machista?

O ambiente musical é machista?

Sobretudo. O ambiente musical é extremamente machista. Gosto sempre de exemplificar lembrando uma Orquestra Paulistana que em seu leque de uma dezena de arranjadores possui apenas uma mulher.

Isso é reflexo ou colheita de um ambiente musical machista. Pronto.

O ambiente profissional reflete a sociedade. Estamos em nosso país, ainda mais nesse momento da nossa história e ciclo presidencial, novamente engatinhando por equidade entre gêneros. E em nossa profissão não pode ser diferente, vivemos o mesmo.

É possível observar o machismo em tantas áreas da música, da produção musical até a educação, que exemplificar é parte desnecessário, cabe aos homens se posicionar contra, incentivar, e ir de encontro a quem possui atitudes machistas.

Aqui no BLOG Souza Lima eu iniciei uma série chamada QUERO SER MUSICISTA. Esta série cultiva de maneira exemplificada por intermédio de entrevistas personagens atuantes no estado de São Paulo, e suas vivências musicais do gênero feminino.

Eu como educador entendo que apenas a informação e o conhecimento são percursos válidos na busca por essa equidistância entre homens e mulheres nas atividades de musicista profissional.

É inaceitável que em pleno século XXI ainda haja machismo sobre a participação da mulher no mercado de trabalho musical. O lugar da mulher é onde quiser estar.

Lutemos para chegarmos em pé de igualdade de gênero nos ambientes e atuações do profissional em música! Meu sonho e minha meta.

#ForçaSempre

Amanhã feriado, descansemos!

SHARE
Previous articleFazer ou não fazer faculdade de música?
Next articleO acorde mantém sua função se invertido?
João Marcondes
Professor João Marcondes é coordenador pedagógico dos programas Composição Popular - Letra e Musica, do Preparatório para Vestibular de Música (extensivo, semi-intensivo e intensivo), do Curso Técnico em Processos Fonográficos - Produção Musical, e da Pós-Graduação em Educação Musical, cursos que ocorrem na unidade Paraíso. Programas livres como Arranjo para pequenos agrupamentos, Arranjo para agrupamentos médios, Composição Instrumental. Coordena as unidades Moema e Alphaville desde 2010. João Marcondes também atua na instituição em tarefas administrativas, é assistente de direção da instituição e diretor da editora Souza Lima. É autor do BLOG Souza Lima e do BLOG Souza Lima - Magazine Luiza! Seus livros e métodos estão publicados no KINDLE - Amazon em parceria com a Editora Souza Lima. É educador Musical, compositor, arranjador e instrumentista. Mestre em Educação Arte e História da Cultura, especializado em docência em música brasileira, graduado e técnico em música. Suas composições e obras fonográficas estão disponíveis para audição no Spotify, Deezer e iTunes Music. É diretor e fundador da gravadora BAC Discos! www.bacdiscos.com/