Música em compasso binário!

A música brasileira recebe o compasso de métrica binária como nenhuma outra no mundo!

Se o compasso quaternário a primeira vista está mais para a música norte-americana, o compasso binário está diretamente relacionado a música brasileira.

Utilizando do pulso constante, primeira e em evidência a segunda subdivisão, sincopada, e acentuada, a métrica binária de dois tempos trafega entre os gêneros brasileiros.

Vamos conhecer algumas músicas grafadas em compasso binário? Procure encontrar o pulso constante para a seguir compreender a organização binária. A escrita é uma convenção, e não se surpreenda ao encontrar algumas canções grafadas de forma antagônica. Podemos até discutir se incorre erro, ou se é apenas uma interpretação.

Alguns gêneros musicais brasileiros possuem duas claves concomitantes, o que dificulta uma percepção imediata de importância para um músico não iniciado nas práticas do repertório musical do Brasil.

Repertório

A bossa-nova surge como um estilo de samba, mas se estabelece a seguir como um gênero. O gênero da bossa-nova é um excelente exemplo de compasso binário, embora também possua algumas canções em compasso ternário.

Observe o ostinato presente no violão de João Gilberto que dá ênfase ao compasso binário em Insensatez de Tom e Vinícius.

O mesmo se dá ao samba de estilo MPB. Como Djavan em Samba Dobrado.

O Xote das Meninas também é um ritmo binário. Assim como o baião.

O Ovo do Quarteto Novo, também está em métrica binária.

Repare a troca de acordes do violão e viola, evidenciando a métrica binária na canção de Edu Lobo Ponteio.

Ou no samba tradicional de Paulinho da Viola, Argumento.

 

Pronto!

Compreendeu em um primeiro momento o que é uma música de métrica binária?

Se sim! Aproveite outras postagens presentes em nosso blog, que possui o intuito de contribuir com sua formação.

Se possui dúvidas aqui também é um canal para elucida-las.

No mais o de sempre:

#VemProSouzaLima

SHARE
Previous article7 razões para Estudar Música
Next articleQuero ser músico entrevista: Óscar Stagnaro
João Marcondes
Professor João Marcondes é coordenador pedagógico dos programas Composição Popular - Letra e Musica, do Preparatório para Vestibular de Música (extensivo, semi-intensivo e intensivo), do Curso Técnico em Processos Fonográficos - Produção Musical, e da Pós-Graduação em Educação Musical, cursos que ocorrem na unidade Paraíso. Programas livres como Arranjo para pequenos agrupamentos, Arranjo para agrupamentos médios, Composição Instrumental. Coordena as unidades Moema e Alphaville desde 2010. João Marcondes também atua na instituição em tarefas administrativas, é assistente de direção da instituição e diretor da editora Souza Lima. É autor do BLOG Souza Lima e do BLOG Souza Lima - Magazine Luiza! Seus livros e métodos estão publicados no KINDLE - Amazon em parceria com a Editora Souza Lima. É educador Musical, compositor, arranjador e instrumentista. Mestre em Educação Arte e História da Cultura, especializado em docência em música brasileira, graduado e técnico em música. Suas composições e obras fonográficas estão disponíveis para audição no Spotify, Deezer e iTunes Music. É diretor e fundador da gravadora BAC Discos! www.bacdiscos.com/