Ligar um contrabaixo em amplificador de guitarra estraga o amplificador?

Ligar um contrabaixo em amplificador de guitarra estraga o amplificador?

Verdade ou mito?

Iniciamos aqui uma série com mitos e verdades sobre música, equipamentos, e outras coisas mais. Nosso BLOG segue inovando e alterando o senso comum! Vamos para a primeira publicação: Ligar um contrabaixo em um amplificador de guitarra estraga o amplificador?

A resposta parece este caso é depende!

Quando ouvimos esse tipo de consideração antes de responder qualquer groselha como nos canais que têm por aí, precisamos que avaliar alguns aspectos.

1| Tanto a guitarra quanto o contrabaixo são instrumentos transpositores. Ou seja, que a nota escrita não representa exatamente a vibração.

A guitarra e o contrabaixo são transpositores de oitava. Se separarmos as sete oitavas e meia do piano pelo dó central, o mi que está a seguir do dó central, é a primeira corda solta da guitarra. Todos as outras cordas soltas da guitarra estão abaixo do dó central.

Então embora pareça que a guitarra é um instrumento agudo por estar em clave de sol, na realidade seus sons estão mais para o registro médio grave. Procure depois os infográficos Características de um instrumento aqui no BLOG, cada um possui o registro definido em hertz.

A quarta corda a mais grave do contrabaixo é a nota MI está em 41,2 hertz. A guitarra por sua vez tem sua corda mais grave é de 82,4 hertz. Veja então que a nota mais grave de um contrabaixo de quatro cordas está a apenas uma oitava da guitarra.

Agora vamos ao amplificador, o meu amplificador em especial, por exemplo, em seu manual apresenta curva de frequência que o torna capaz de emitir quase a totalidade do registro do contrabaixo, está lá acima de 50 hertz.

O que se considera entre os sons é que a partir da nota sol, da terceira casa da quarta corda do contrabaixo, da corda mi, é possível tocar o contrabaixo mais despreocupadamente, em um volume considerável. Compreendeu?

Cada amplificador possui sua especificação. Sabe a sua? Verifique se precisa comprar um segundo amplificador, ou se vai comprar, avalie por esse princípio, já que com as guitarras de até oito cordas o instrumento passa atingir sons mais graves e os amplificadores são ajustados para tal.

Valeu!

#VemProSouzaLima

SHARE
Previous articleQualquer escala cria campo harmônico?
Next articleTocar pode causar lesão?
João Marcondes
Professor João Marcondes é coordenador pedagógico dos programas Composição Popular - Letra e Musica, do Preparatório para Vestibular de Música (extensivo, semi-intensivo e intensivo), do Curso Técnico em Processos Fonográficos - Produção Musical, e da Pós-Graduação em Educação Musical, cursos que ocorrem na unidade Paraíso. Programas livres como Arranjo para pequenos agrupamentos, Arranjo para agrupamentos médios, Composição Instrumental. Coordena as unidades Moema e Alphaville desde 2010. João Marcondes também atua na instituição em tarefas administrativas, é assistente de direção da instituição e diretor da editora Souza Lima. É autor do BLOG Souza Lima e do BLOG Souza Lima - Magazine Luiza! Seus livros e métodos estão publicados no KINDLE - Amazon em parceria com a Editora Souza Lima. É educador Musical, compositor, arranjador e instrumentista. Mestre em Educação Arte e História da Cultura, especializado em docência em música brasileira, graduado e técnico em música. Suas composições e obras fonográficas estão disponíveis para audição no Spotify, Deezer e iTunes Music. É diretor e fundador da gravadora BAC Discos! www.bacdiscos.com/