De onde veio as letras das cifras das músicas?

letras das cifras

De onde veio as letras das cifras das músicas?

As letras maiúsculas que representam as fundamentais dos acordes nas cifras correspondem ao sistema musical alfabético proposto por Papa Gregório Grande no século VI.

C – D – E – F – G – A – H (alemão) – dó – ré – mi – fá – sol – lá – si

C – D – E – F – G – A – B (inglês) – dó – ré – mi – fá – sol – lá – si

Esse sistema é utilizado, por exemplo, no solfejo melódico, mas emprestou a sua maneira inglesa a representação das fundamentais já no século XX na constituição das cifras da música popular.

As cifras da música popular então é fruto do sistema musical alfabético composto com o conceito de baixo cifrado proveniente do período Renascentista e Barroco em resumos de conjunto de acorde no cravo e o órgão.

O cravo e o órgão são considerados instrumentos contínuos, que condensam informação melódica em blocos que apoiam um grupo instrumental ou vocal.

A partir da década de 1950 os acordes passaram a ser estruturados com composições numéricas, termos e símbolos representando conjuntos de acorde.

Desta renovação metodológica fez-se jus ao desenvolvimento do livro conhecido como RealBook, que reunia standards de jazz e música brasileira, de circulação ilegal e desenvolvida por estudantes e professores da Berklee College of Music – Boston – EUA.

A metodologia das cifras é interpretativa. E se baseia em conhecimento individual do musicista tal qual seu conhecimento de estilo e gênero musical.

#VemProSouzaLima

SHARE
Previous articleO que é Grade em Música?
Next articleO que é pentagrama em música?
João Marcondes
Professor João Marcondes é coordenador pedagógico das unidades Moema, Alphaville e Ribeirão Preto. Também é idealizador e coordenador pedagógico dos programas Composição Popular - Letra e Musica, do Preparatório para Vestibular de Música (extensivo, semi-intensivo e intensivo), do Curso Técnico em Processos Fonográficos - Produção Musical, e da Pós-Graduação em Educação Musical, cursos que ocorrem na unidade Paraíso. João Marcondes também atua na instituição em tarefas administrativas, é assistente de direção da instituição e diretor da editora Souza Lima. É autor do BLOG Souza Lima e do BLOG Souza Lima - Magazine Luiza! É educador Musical, compositor, arranjador e instrumentista. Mestre em Educação Arte e História da Cultura, especializado em docência em música brasileira, graduado e técnico em música. Suas composições e obras fonográficas estão disponíveis para audição no Spotify, Deezer e iTunes Music.