Como reconhecer a tonalidade de uma música observando apenas os acordes?

Como reconhecer a tonalidade de uma música observando apenas os acordes?

Como reconhecer a tonalidade de uma música observando apenas os acordes?

Se estamos falando de tétrades, reconhecer a tonalidade de uma música observando apenas os acordes, é até que simples. Alguns acordes são marco em uma tonalidade maior, principalmente os dispostos no V e VII grau.

F7M Gm7 Am7 Bb7M C7 Dm7 EØ

Observando as estruturas os acordes dispostos no quinto grau e no sétimo grau tem certa exclusividade.

O V grau é dominante primário, que antecede o primeiro grau. Existe na prática musical dominantes secundários que poderia até trazer uma confusão, mas as deste tipo de função de acordes são muito marcantes.

F7M (D7) Gm7 (E7) Am7 (F7)Bb7M (G7) C7 (A7) Dm7 EØ

Eu particularmente entendo que analisar apenas os acordes pode deixar passar pontos relevantes. Mas é um princípio observar o V7 e VIIØ grau.

Esqueça aquela história de do acorde que começa e do acorde que termina. São milhares de músicas que não respeitam esse princípio. Ative sua percepção e avalie os pontos de resolução, qual acorde representa estabilidade.

Quando tríades

Se estamos falando de tríades, em tonalidade maior, observe a presença do fator estabilidade novamente. Percebendo as relações de I, IV e V grau.

C F G – dó maior, por exemplo. G C D, sol maior. D G A, ré maior. A D e E, lá maior.

Procurei me ater a questão do leitor, considero que chegamos a um bom princípio para esclarecer o problema, não para resolver totalmente. Vamos em frente!

#VemProSouzaLima

SHARE
Previous articleDá certo montar banda sem baterista?
Next articleExiste sanfona para canhoto?
João Marcondes
Professor João Marcondes é coordenador pedagógico das unidades Moema, Alphaville, Ribeirão Preto e Lençóis Paulistas. É idealizador e coordenador pedagógico dos programas Composição Popular - Letra e Musica, do Preparatório para Vestibular (extensivo e semi-intensivo), do Curso Técnico em Produção Musical, e da Pós-Graduação em Educação Musical, que ocorrem na unidade Paraíso. João Marcondes atua na instituição em tarefas administrativas como assistente de direção, e ainda é diretor da editora Souza Lima. É editor e autor do BLOG Souza Lima, com mais de quinhentas publicações (BR, ES e EN). É educador Musical, compositor, arranjador e instrumentista. Mestre em Educação Arte e História da Cultura, especializado em docência em música brasileira, graduado e técnico em música. Composições e obras disponível no Spotify, Deezer e iTunes Music.