CLAEM 2019 – SEGUNDO DIA

O CLAEM é uma oportunidade inimaginável para o desenvolvimento e consolidação da educação musical no continente latino-americano. São 18 países focados em uma semana de evento. Com encontros para diretores, docentes e estudantes. Classes. Palestras. Ensaios.

Não é apenas um encontro de amigos. É um encontro de educadores, entre os melhores de suas cidades, e de seus países.

O segundo dia do CLAEM X – Bogotá foi da minha primeira clínica do evento. Ao todo realizei três. Nesta primeira clínica, que tinha o interesse primário de atender os estudantes da escola EMMAT e seus 400 estudantes, eu recebi em minha palestra também o público do próprio evento.

Minha sala ficou pequena, mais de 70 participantes (em uma sala para 40 pessoas). Infelizmente não pude acompanhar as outras palestras que ocorreram no mesmo horário.

Cumprindo solicitações realizei a mesma palestra do CLAEM VII, do México, Tchapas. Inventário Rítmico, e as contribuições que este estudo cumpre para o desenvolvimento do arranjador, compositor e instrumentista, em suas atribuições. Foi a única palestra do evento com duração de uma hora e meia. Tocamos, fizemos a música do Brasil.

A seguir convidado pelo guitarrista, educador e compositor argentino Ale Demogli, o acompanhei em sua exposição. Sua palestra tratou dos elementos cruciais da improvisação de Herbie Hancock. A seguir da análise, tocamos um blues menor, eu apenas acompanhando em samba, com Ale demonstrando os tópicos desta vez aplicados livremente.

Não pude acompanhar a fundo todas as palestras, como estava lecionando ou participando ativamente de outra seção. Soube pelos estudantes e me despertou muito interesse, uma palestra em especial de David Oyola sobre harmonia negativa. Estou para me informar sobre o desenrolar dessa atividade.

Pela tarde atuamos na prática de conjunto. E fui a minha segunda palestra. Nesta oportunidade apresentando os livros da metodologia Universo dos Sons, que sou autor. Um momento de agraciamento e muita alegria. Quarenta e duas escolas latino-americanas agora conhecem também esse projeto que estou finalizando. Muitos se interessaram em republicar em seus países. Novos trabalhos ocorrerão.

Para finalizar o dia: o tradicional jantar dos diretores. Mais que confraternização, é um momento para estabelecer relações profissionais. Foi um dia inesquecível.

SHARE
Previous articleCLAEM 2019 – PRIMEIRO DIA
Next articleCLAEM 2019 – TERCEIRO DIA
João Marcondes
Professor João Marcondes é coordenador pedagógico das unidades Moema, Alphaville, Ribeirão Preto e Lençóis Paulistas. É idealizador e coordenador pedagógico dos programas Composição Popular - Letra e Musica, do Preparatório para Vestibular (extensivo e semi-intensivo), do Curso Técnico em Produção Musical, e da Pós-Graduação em Educação Musical, que ocorrem na unidade Paraíso. João Marcondes atua na instituição em tarefas administrativas como assistente de direção, e ainda é diretor da editora Souza Lima. É editor e autor do BLOG Souza Lima, com mais de quinhentas publicações (BR, ES e EN). É educador Musical, compositor, arranjador e instrumentista. Mestre em Educação Arte e História da Cultura, especializado em docência em música brasileira, graduado e técnico em música. Composições e obras disponível no Spotify, Deezer e iTunes Music.