As características do Cavaquinista

Um músico participante quase que da totalidade dos agrupamentos urbanos brasileiros. Conhece os ritmos variados do samba, do choro, de regionalismo. O cavaquinista é acompanhante, mas também é solista.

Está no regional do choro como centro. Faz parte da condução como o pandeiro. Embora especialista em acompanhamento, o cavaquinista desenvolveu-se como solista. E tem nesse recurso um diferencial.

É capaz de tocar sequencias harmônicas de ouvido apenas identificando a tonalidade.

Tem uma boa sonoridade quando se trata de solo.

O cavaquinista conhece as três variações de afinação. Embora normalmente dedique-se a mais habitual (ré, sol, si, ré), sabe atuar na afinação aberta (idêntica ao bandolim).

No cavaquinho contemporâneo, o cavaquinista compreende as sobreposições de acorde, as sonoridades resultantes da execução harmônica complementar ao violão. Sabe o momento de interagir com a harmonia e extensões que dependem dos graus oriundos da análise harmônica. E quando não os sabe, atua intuitivamente.

Tem excelente mão direita rítmica. Mas sabe arpejar, e construir fraseados melódicos sobre um acorde. E também pode interagir com o banjo brasileiro, como músico, possuir o instrumento e conhecer as variações que o compõe.

Leitura em clave de sol, embora os cavaquinistas não se dediquem a ela com profundidade. O que vale ressaltar: É um diferencial e tanto para músicos de estúdio.

O que preciso para ser cavaquinista?

Um bom instrumento. Eletrificado, e que tenha uma captação que não realimente.

Está pronto para ser cavaquinista – o instrumentista do cavaquinho?

#VemProSouzaLima

Conhece nosso infográfico sobre o cavaquinho?

SHARE
Previous articlePor que músicas ruins fazem tanto sucesso?
Next articleComo escolher um curso de música?
João Marcondes
Professor João Marcondes é coordenador pedagógico das unidades Moema, Alphaville, Ribeirão Preto e Lençóis Paulistas. É idealizador e coordenador pedagógico dos programas Composição Popular - Letra e Musica, do Preparatório para Vestibular (extensivo e semi-intensivo), do Curso Técnico em Produção Musical, e da Pós-Graduação em Educação Musical, que ocorrem na unidade Paraíso. João Marcondes atua na instituição em tarefas administrativas como assistente de direção, e ainda é diretor da editora Souza Lima. É editor e autor do BLOG Souza Lima, com mais de quinhentas publicações (BR, ES e EN). É educador Musical, compositor, arranjador e instrumentista. Mestre em Educação Arte e História da Cultura, especializado em docência em música brasileira, graduado e técnico em música. Composições e obras disponível no Spotify, Deezer e iTunes Music.