A importância da rotina de estudos para a música

rotina

A importância da rotina de estudos para a música

Rotina na minha visão como educador se condiciona a rotação, ou ação de rotacionar. Girar os conteúdos, não caminhar pra frente abandonando aquilo que foi apreendido outrora.

A rotina musical se estabelece pelo condicionamento – que é muscular, e simbólico, e estético. A importância da rotina de estudos é paradoxal. Muitos são os artistas que gostam de enaltecer o autodidatismo, a essência, a instintividade. A intuição em primeiro plano. Mas quanto há verdade nessa livre formação?

Sem dúvida atingir intuição é um processo intenso resultado do condicionamento. E o que se procura na audição, no conhecimento auditivo, no reconhecimento musical é o desenvolvimento de um lirismo, do inconsciente, aquele que será material necessário para elencar os pontos da formação – estranha ao meio de registro dos sons. Da grafia.

E agora?

A grafia não cumpre todos os requisitos da expressão musical, principalmente para a música popular. E mesmo na música erudita onde há a aplicação de uma simbologia mais completa, ainda sobra espaço para variações humanas, como na diferente interpretação de uma obra.

Fato é que o estudo da música necessita de continuidade. Organização. Disciplina. A rotina formará o condicionamento.

Assim, segue uma sugestão para uma rotina de estudos:

  • Inicie com algo técnico para aquecimento, cerca de 20 minutos de repetição.
  • Siga com elementos de expressividade, variações melódicas, construções, e até mesmo improvisações, para os mesmos 20 minutos.
  • Estude 10 minutos ininterruptos de repertório. E interrompa os estudos.

Faça intervalos de 10 minutos.

Reinicie o programa diminuindo o tempo de duração das partes iniciais, 10 minutos para cada, e aumente o tempo de repertório. Siga por esse percurso, sempre com 50 minutos de estudo, e dez minutos de intervalo.

A concentração humana possui uma limitação, 50 minutos é um tempo que chega a ser biológico. Experimente.

Todo aprendizado que atinge uma continuidade torna-se objeto de desenvolvimento. Dê passos progressivos e retorne as atividades básicas gerando ciclos de conhecimento. Se para escalas há cinquenta exercícios, e você prática cinco ao todo por dia, você levará dez dias para cumprir esse condicionamento. Se mão direita, são cem exercícios, e você realiza vinte por dia, levará cinco dias para cumprir o condicionamento. Órbitas diferentes, mas com o objetivo de otimizar o aprendizado em um condicionamento pleno.

Aproveite.

SHARE
Previous articleMúsica: Material didático ou método tradicional?
Next articleComo ser músico de orquestra?
Primeiro me segue no instagram: joaomarcondesoficial! Eu sou o Professor João Marcondes! Sou coordenador pedagógico dos programas Composição Popular - Letra e Musica, do Preparatório para Vestibular de Música (extensivo, semi-intensivo e intensivo), do Curso Técnico em Processos Fonográficos - Produção Musical, e da Pós-Graduação em Educação Musical, cursos que ocorrem na unidade Paraíso. Também coordeno programas livres como Arranjo para pequenos agrupamentos, Arranjo para agrupamentos médios, Composição Instrumental. E coordeno as unidades Moema e Alphaville desde 2010. Também atuo na instituição em tarefas administrativas, como assistente de direção da instituição e diretor da editora Souza Lima. Sou autor do BLOG Souza Lima e do BLOG Souza Lima - Magazine Luiza! Meus livros e métodos estão publicados no KINDLE - Amazon em parceria com a Editora Souza Lima. Sou educador Musical, compositor, arranjador e instrumentista. Mestre em Educação Arte e História da Cultura, especializado em docência em música brasileira, graduado e técnico em música. Suas composições e obras fonográficas estão disponíveis para audição no Spotify, Deezer e iTunes Music. É diretor e fundador da gravadora BAC Discos! www.bacdiscos.com/ Segue no instagram; https://www.instagram.com/joaomarcondesoficial/